segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Qualidade de vida

"(...) «qualidade de vida» não é o todo-o-terreno para o engarrafamento matinal cinco dias por semana, nem poupar no preço daquilo que se come para se gastar naquilo que se mostra. «Qualidade de vida» não são os quatro apelidos e três nomes próprios do filho varão, nem a lista de espera de dois anos para a creche, nem o T1 de luxo entrincheirado no horror paisagístico que caracteriza a periferia portuguesa em geral, a Grande Lisboa em particular. «Qualidade de vida» não é a música que bate na cabeça no sábado à noite, a amena cavaqueira com o copinho de uísque na mão, o livro que não se lê, a decisão que não se toma.
Qualidade de vida é ter um sonho e viver por ele (...)"

É assim que, no livro onde relata a sua "emocionante volta ao mundo por terra e por mar" - Planisfério Pessoal -, Gonçalo Cadilhe define «qualidade de vida». Eu não podia estar mais de acordo...

1 comentário:

liliana disse...

"...o que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher..."

Beijos Amor