domingo, 13 de maio de 2012

Entre o Mar e a Floresta - Meia Maratona de Cortegaça

Hoje, 13 de Maio de 2012, foi dia de voltar a vestir a camisola do CAO e ir para a estrada.
Não éramos tantos como em Fátima mas ainda assim fomos quase um milhar os que, em Cortegaça, fizemos a nossa peregrinação.


Esta Meia Maratona (que vai já na sua 28.ª edição) ligava as praias de Cortegaça e do Furadouro, pela estrada da floresta. Um percurso interessante, protegido do sol em quase toda a sua extensão, mas - contrariamente ao que parece - num constante sobe e desce.


Não sendo a primeira vez que ia realizar esta prova este ano era diferente. Depois de nos anos anteriores, dada a proximidade com outras provas mais importantes, ter aproveitado a Meia Maratona de Cortegaça para fazer um treino mais longo e com mais qualidade, desta feita ia com o propósito de bater a minha melhor marca. O objectivo estava estabelecido, 1:15:00.
Com tamanho objectivo a tarefa era tudo menos fácil.  Não havia espaço para falhas. Um ritmo mais rápido ou um ritmo mais lento eram suficientes para deitar tudo a perder. O plano estava traçado. Ritmos muito próximos dos 3:30/km até aos 10 kms (passar próximo dos 35') e, na segunda metade, aguentar por aí pois assim ficava com uma margem (curta) para alguma quebra.
E as coisas não fugiram muito disto. Consegui partir num bom lugar e impus o ritmo desejado. Por volta dos 3 kms de prova juntei-me aos meus colegas de treino Marco e Orlando que seguiam no grupo da primeira atleta portuguesa - Doroteia Peixoto (segunda da geral feminina atrás de uma atleta queniana). Até aos 18 kms não há muita história, apenas o habitual. Os kms iam passando ao ritmo desejado, o grupo foi ficando cada vez mais pequeno, o pessoal da frente ia quebrando e ia sendo passado por nós e a Doroteia ia-se aguentando. Aos 18 kms, numa ligeira subida, o grupo cedeu e acabei por conseguir um ligeiro avanço. Procurei manter o andamento e à passagem aos 20 kms tive - finalmente - a noção que iria conseguir o meu objectivo. Já no km final consegui passar a atleta queniana e finalizar a Meia Maratona em 1:14:04, alcançando o meu melhor tempo na distância e o 34.º lugar da geral.

Para ajudar esta festa há ainda a registar a presença de muitas caras conhecidas nesta prova, desde o Atletismo ao Triatlo, com quem é sempre um gosto trocar umas palavras. Um abraço para todos!

3 comentários:

João Correia disse...

Parabéns, Hugo! Grande tempo e objectivo alcançado. Sabe muito bem alcançar metas e a auto-estima agradece. Nessa tua tabela, acrescenta-lhe mais 1'/km para o meu caso. :))

Boa semana.

Anónimo disse...

Muitos parabéns pelo resultado .... eu percebi que ias muito forte mas bem no viranço!!! Aqui esta o resultado dos treinos!!! Este ano na maratona temos (tu) que fazer menos de de 2h35!!!

Jorge "Miguel"

Rui Costa disse...

Grande tempo primaço! Dá-lhe!