segunda-feira, 14 de julho de 2014

Jornada Dupla


Este fim de semana, um mês depois do Ironman, regressei à competição... e logo com uma jornada dupla.

Na tarde de sábado fiz o Duatlo da Ribeira de Ovar. Um sprint, em "casa", a que não podia faltar. Uma prova interessante que, infelizmente, teve pouca adesão. Malta do Norte, vamos lá apontar esta na agenda para engrossar o pelotão.


No domingo rumei à terra do João para fazer o Triatlo de Esposende, onde o Porto Runners teve uma presença agradável. Mais um sprint e uma partida com muitos, muitos atletas (novos, para bem da modalidade).


Depois de tanto tempo a treinar/competir a ritmos "confortáveis" estes sprints prometiam ser duros, muito duros. A última prova de triatlo/duatlo sprint que tinha feito foi a 2.Junho.2013.

No Duatlo da Ribeira de Ovar fiz toda a prova com o meu colega de equipa Telmo. No segmento de corrida inicial fui "rebocado" por ele, no ciclismo fomos alternando a puxar mas sem conseguir ganhar muito tempo ao atleta que seguia isolado na frente, pelo que na corrida final, sem possibilidades de chegar ao primeiro lugar e sem pressão por parte do 4.º atleta, aproveitamos para pôr a conversa em dia e "descansar" já a pensar no triatlo do dia seguinte.


Aqui ficam os números:
1.ª Corrida (5 kms): 17' 27'' (FC média de 182 bpm, para que não hajam dúvidas da dureza)
Ciclismo (20 kms): 32' 41'' (FC média de 166 bpm)
2.ª Corrida (2,5 kms): 10' 33''
Total: 1h 00’ 31’’
Classificação: 2.º Geral


Colectivamente a equipa do Porto Runners foi também a 2.º classificada.

Apesar do número reduzido de atletas tenho que saudar a forte presença dos atletas do CAO e da ARVOR (meus ex-colegas de treino) que, não sendo duatletas, marcaram presença nesta prova.



No domingo o Triatlo de Esposende ficou marcado pelo vento, que dificultou todos os segmentos. A natação, apesar de ser feita a favor da corrente, foi condicionada pela ondulação. Consegui lidar bem com a confusão habitual destas partidas com tantos atletas mas a ondulação complicou-me o segmento.


No ciclismo o percurso não tinha nenhuma dificuldade (leia-se subida), apenas o vento dificultava a deslocação. No final da primeira volta consegui apanhar um grupo (onde, por sinal, estava o Telmo) e assim segui até ao final do segmento. A minha dificuldade em seguir no grupo não foi devido à velocidade mas sim ao "nervosismo" e à quase ausência de regras de alguns elementos, a colocar outros atletas em perigo. A corrida final deixou-me com um sorriso pois, depois de um segmento de ciclismo controlado, fiz uma corrida forte. Tenho que ir fazendo umas provas destas, mais curtas, para "não esquecer".

Aqui ficam os números:
Natação (850 m): 12' 05''
Ciclismo (20 km): 36' 26''
Corrida (5 km): 17' 21''
Total: 1h 05’ 54’’
Classificação: 77.º Geral (20.º Sen. Masc.)


Colectivamente a equipa do Porto Runners ficou em 21.º lugar.