domingo, 26 de abril de 2015

II Triatlo do Sabugal 2015

Sabugal recebeu este fim de semana uma jornada dupla de triatlo pontuável para o Campeonato Nacional de Clubes.
No sábado decorreu a prova na distância olímpica e no domingo, para além da prova aberta, decorreu a prova de estafetas.


É extremamente positivo um município como o de Sabugal, longe dos grandes centros urbanos, que investiu nesta modalidade enquanto outros municípios, provavelmente com mais meios, optaram por não dar continuidade a estes projectos. Parabéns pela iniciativa.
O Porto Runners apresentou-se apenas na prova de sábado, mas com uma "forte armada" de triatletas.


A quantidade e qualidade dos meus treinos tem sido pouca mas, para me motivar e para estar com os colegas que já não via há muito tempo, decidi participar. Os objectivos eram, naturalmente, pouco ambiciosos. Passavam por gerir todos os segmentos muito bem para acabar a prova, sem me magoar.
As condições climáticas eram péssimas para este tipo de prova - chuva, frio e vento - mas, ainda assim, cerca de 200 triatletas apresentaram-se na Barragem de Sabugal para a partida. Alguns, depois de experimentar a temperatura da água, deram meia volta e optaram por não fazer a prova.
A minha natação foi miserável. Nem senti muito frio, foi mesmo a ondulação provocada pelo vento, que me dificultou a progressão.
O percurso de ciclismo era exigente, com muito sobe e algum - pouco - desce, agravado pela chuva e o vento que teimavam em marcar presença. Fui controlando o esforço nas subidas e o equilíbrio nas descidas de forma a chegar à corrida o melhor possível. O facto de sair muito atrasado da água fez com que não conseguisse apanhar nenhum grupo no ciclismo e tivesse que fazer os 40 kms a solo.
A corrida, no centro de Sabugal e com passagem por um "trilho" junto ao rio Côa, foi engraçada. Para mim foram 10 kms a gerir o desgaste das pernas. Encontrei um ritmo onde a musculatura ia confortável e mantive-o até ao final.


Ao cruzar a meta, apesar de não ficar contente com os resultados, tinha alcançado os objectivos.
Resta-me esperar que o corpo deixe de se queixar tanto para tentar aumentar a quantidade e qualidade dos treinos.

Aqui ficam os meus números.
Natação: 00:36:31
T1: 00:04:18
Ciclismo: 01:27:19
T2: 00:01:07
Corrida: 00:45:12
Total: 02:54:28
Classificação: 136.º Geral, 57.º Sen. Masc.


Podem consultar todos os resultados aqui.

Gostava de reiterar que a organização de provas por municípios/associações longe dos grandes centros urbanos, nomeadamente mais a Norte onde as provas são mais escassas, é sempre de louvar e que, de uma forma geral, a organização desta prova pareceu-me bem. O percurso de ciclismo estava totalmente cortado ao trânsito (com muitos agentes das forças de segurança e voluntários nos cruzamentos) embora faltassem aqui e ali mais indicações dos cortes a fazer - principalmente para quem vinha em grupo e rápido (que não era o meu caso). No final, para mim a maior falha, foi pena não haver nada para se comer (nem fruta). Casos a rever em edições futuras (assim espero).