domingo, 26 de setembro de 2010

Another Sunday Morning...

Um post com um título assim só podia ter como banda sonora "Sunday Morning Call", dos Oasis, por isso aqui fica ela...


Por falar em música, daqui a precisamente uma semana, aqui o vosso amigo estará em Coimbra para assistir ao (espero eu) grande espectáculo que os U2 irão dar. Roam-se de inveja... :-)

Agora que já estamos conversados de música vamos lá aos treinos.
Esta foi mais um semana de carga (a última antes da Meia Maratona de Ovar).
Tivemos 3 treinos de trabalho específico (ritmo, ritmo e mais ritmo) e terminámos, hoje, com mais um treino matinal longo.
Desta feita fomos até à Torreira (26 kms, 2h 07') num belo percurso sempre ao longo da Ria de Aveiro, com paisagens fantásticas como esta.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

A Cidade Está Deserta...

A cidade está deserta e não, ninguém escreveu o teu nome em toda a parte...




Domingo, 07.30 h da manhã, os primeiros raios de sol vão empurrando a medo a noite e o frio.
As ruas estão, de facto, desertas. Contudo, uma espécie rara de humanos, reúne-se para mais um treino longo, são eles os maratonistas.
Desta feita foram 4 os aventureiros que se lançaram à estrada: eu, o Hélder, o Carlos e o Rui (para completar a equipa do C. A. Ovar que vai fazer à Maratona do Porto só faltaram o Miguel e o Quim...).
O treino decorreu normalmente, sem grandes peripécias para contar.
Os kms foram passando, no início calmamente e com a conversa a ajudar, depois o ritmo subiu mais um pouco e a conversa desapareceu (não sei se a ordem de razões é esta ou a inversa...).
2.10 h e 28 kms depois estávamos de regresso ao ponto de partida.
A preparação para a Maratona segue em bom ritmo!


De tarde, no Pavilhão da Lavandeira - Santa Maria da Feira, decorreu a apresentação das modalidades amadoras do C. D. Feirense: Andebol, Natação, Ginástica, Badminton e Ciclismo.
A equipa Masters da Seccção de Natação do CDF deu-se assim a conhecer pela primeira vez.

domingo, 12 de setembro de 2010

30.ª Meia Maratona Internacional de Viseu

Hoje fui dar uma volta por Viseu.
E quando digo dar uma volta é mesmo no sentido literal, pois pouco deve ter faltado para dar a volta à cidade...
Pouco passava das 7 horas da manhã, o nevoeiro corria o sol que, com algum sacrifício, lá ia aparecendo no horizonte, fazendo antever um dia quente. De mochila às costas, confiante com o trabalho feito, saí de casa.
A boleia (fui com os colegas do Afis na carrinha do Clube - obrigado companheiros!) não tardou e antes das 9 horas já estávamos em frente ao recinto da Feira de S. Mateus.

Depois das tarefas habituais (levantamento dos dorsais, equipar, múltiplas idas à casa de banho, aquecimento, convívio com a malta conhecida, etc.) dirigimos-nos para a zona da partida.
Como a prova completava 30 anos tivemos direito aos "Parabéns!", tocados pela Banda Filarmónica.
O objectivo inicial desta prova era, para mim, testar o meu nível nesta fase da preparação (estamos a 3 semanas da Meia Maratona de Ovar e a 2 meses da Maratona do Porto). A ideia era apontar para a 1h 20' (3' 50''/km) e ver até onde as pernas aguentavam. E assim foi.
Logo no início juntou-se um grupo coeso (atletas do C. A. Ovar, do Afis e do Arada A. C.) e com objectivos finais semelhantes (1h 20'). O ritmo era moderado e, acima de tudo, constante, o que foi óptimo para mim.
Algumas das ruas de Viseu que habitualmente são brindadas com a passagem da Meia Maratona, dado estarem com obras este ano, não tiveram esse prazer. Assim, a organização, viu-se obrigada a alterar ligeiramente o percurso. Se ele já não era fácil - dizem os habitues desta prova - ficou ainda mais difícil, com várias subidas custosas de vencer. Ainda acerca da organização apenas 2 reparos. Um positivo para os abastecimentos, que estiveram bem, quer pela quantidade quer pela eficiência. Outro negativo para a presença de carros a circular em alguns locais do percurso.
Trânsito à parte, os kms foram passando e, cerca dos 10 kms de prova, juntou-se ao grupo onde eu vinha aquela que viria a ser a 1.ª classificada feminina - a Carla Martinho da Adercus.


Com os minutos e os kms a acumularem-se o grupo foi ficando mais reduzido. Restamos eu, a Carla  Martinho e um colega de uma equipa de Viseu (sempre acarinhado ao longo do percurso). Este trio manteve-se até ao último km quando, já com a vitória da Carla assegurada, eu abri um pouco mais para terminar com um tempo de 1h 17' 30'' (41.º da Classificação Geral, 22.º Sénior).
Fiquei contente por ter alcançado o objectivo da prova e por apresentar bons indícios para as que se seguem.
Por falar nisso já é oficial a inscrição na Maratona do Porto, agora não há volta a dar...

domingo, 5 de setembro de 2010

Clubes a Representar em 2011

O mercado anda agitado. É altura de transferências e os empresários, atletas e dirigentes desdobram-se em reuniões procurando o melhor para cada um.

Também eu (e o meu empresário, claro) andei envolvido nestes processos. Agora, que tudo se resolveu e a minha situação já é oficial para a próxima época, posso-vos divulgar os resultados de horas e horas de debates e reuniões. :-)

Na época de 2011 irei representar 3 clubes, de 3 modalidades diferentes.
No Triatlo, depois de uma época (a primeira por sinal) como individual, na próxima época irei representar o Porto Runners, na sua secção desta modalidade. Foram uma equipa fantástica, com elementos prestáveis e simpáticos, que me acolheram e ajudaram desde a minha primeira prova. Ao longo desta época cruzámo-nos por diversas vezes e será com prazer que no próximo ano farei parte deste grupo.


No Atletismo (corrida) é como diz o ditado, "o bom filho à casa torna". Depois de uns anos ausente, quando reiniciei a actividade física, fui-me cruzando nos treinos com a malta do Clube de Atletismo de Ovar, clube que representei até abandonar o Atletismo. Assim, foi com naturalidade que me juntei a eles nos treinos e que, no final desta época, representei o CAO em algumas provas. Na próxima época esta ligação irá continuar, bem como a preciosa orientação do meu querido António Branco, a quem muito devo.


Finalmente, na Natação, fruto dos treinos que vou realizando nas Piscinas Municipais de Santa Maria da Feira, com a preciosa colaboração do meu "treinador" André Bastos e dos meus colegas de treino (nomeadamente o Fernando Diogo e o José Roberto) irei representar a Secção de Natação Masters do Clube Desportivo Feirense.


2011 será uma época exigente mas, tal como já havia dito anteriormente, este primeiro ano funcionou como experiência. Gostei e agora é altura de começar a trabalhar com (ainda mais) empenho.